Quarto Bebê Pasteis Decoração

 

A chegada de um novo integrante na família é um momento mágico de amor e carinho, mas alguns cuidados devem ser tomados para que a sua casa esteja pronta para receber o bebê!

Para ajudar você nessa etapa tão importante da vida, reunimos aqui 12 dicas matadoras de como deixar seu lar super seguro para o crescimento e desenvolvimento da criança. Vamos a elas!

 

1) Adapte as Janelas e as Cortinas

Uma das primeiras medidas a se tomar quando sabemos que o bebê está chegando é colocar telas de segurança em todas as janelas e varandas. Pode levar algum tempo até que a criança seja capaz de explorar esses espaços, mas é inevitável que isso aconteça, então é melhor estar preparado com um recurso que não interfere na circulação de ar da casa e não exige sua atenção constante. Lembre-se de contratar apenas empresas reconhecidas do mercado que instalem redes de segurança reforçadas.

Casa Rede Protetora Janela Segurança Varanda

Além de proteger as janelas, outro cuidado muito importante é com as cortinas e/ou persianas. Por serem pontos de acúmulo de poeira, a dica é manter sempre a higienização em dia, checar a integridade do varão periodicamente e manter o tecido fora do alcance do bebê.

 

2) Bloqueie o Acesso às Áreas Perigosas

Certas regiões da casa, como o banheiro, a escada e a área de serviço são extremamente perigosas para crianças pequenas, por isso portões de segurança devem ser instalados nos batentes para permitir que o bebê tenha autonomia de explorar os lugares certos sem riscos. Cuidado ao escolher os portões para garantir que a trava não possa ser aberta por uma criança em desenvolvimento.

Portão Casa Grade de Segurança

 

3) Mantenha a Casa Limpa

O sistema imunológico de qualquer bebê recém nascido é frágil, facilitando o aparecimento de doenças e alergias se o ambiente da casa não estiver limpo quando ele chegar. A dica então é higienizar colchões, sofás, cortinas, tapetes, almofadas, e todos os cantos da casa em uma super faxina na semana anterior ao nascimento.

 

4) Lembre-se do Movimento das Portas

Segurador Porta Trava Peso

Quando o bebê começar a engatinhar por aí, o próprio vento pode acabar provocando acidentes ao fechar portas de forma brusca e inesperada. Para garantir que isso não aconteça, é importante pensar em protetores de borracha para as passagens que ficam abertas com frequência.

 

5) Proteja os Fios e as Tomadas

A instalação elétrica da casa é um risco permanente que precisa ser encarado com seriedade objetiva, pois é extremamente comum gerar a curiosidade no bebê, podendo causar acidentes graves.

Tomada Eletricidade Acidente Protetor Casa

TODAS as tomadas fora de uso devem ser fechadas com protetores neutros, difíceis de tirar, evitando peças coloridas com formato de bichinhos que podem atrair ainda mais a atenção da criança. Quanto aos fios, a orientação é juntar todos em canaletas e passar o conjunto por trás dos móveis. Quanto o assunto é eletricidade, todo cuidado é pouco.

 

6) Não Deixe as Quinas à Mostra

Quem nunca bateu sem querer na quina de um móvel? Se acontece conosco, imagine com os pequenos! As pontas da mobília, em geral, são áreas perigosas que devem ser cobertas com protetores de borracha ou silicone, por garantia.

Quina Lateral Mesa Casa

Leva tempo até que a criança desenvolva seu senso de equilíbrio, e, mesmo depois disso, basta qualquer descuido para causar acidentes. A cabeça da criança quase sempre acaba ficando na altura exata dos móveis ao longo do crescimento, então opte por peças com quinas mais arredondadas e sem partes cortantes.

 

7) Trave os Armários e as Gavetas

Leva muito pouco tempo até que um bebê comece a andar pela casa engatinhando, e é inevitável que ele tente abrir armários e gavetas para ver o que tem dentro. A famosa “escadinha” de gavetas, por exemplo, é um fenômeno comum que pode levar o pequeno escalador a lugares muito inapropriados. Além de serem degraus em potencial, os gaveteiros podem conter objetos perigosos para a criança, como facas, ferramentas e produtos de limpeza.

Trava Gaveta Armário Segurança Casa

Tome seu tempo instalando travas de segurança nos armários e nas gavetas mais baixas de cada cômodo, e não se esqueça de prender os móveis maiores na parede de trás para evitar que eles tombem para a frente depois de um puxão acidental.

 

8) Capriche na Iluminação

Pode parecer bobagem, mas a iluminação é, de fato, um fator muito importante na adaptação da casa! O quarto do bebê precisa ter uma iluminação mais leve e distribuída para não causar desconforto e ansiedade na criança, especialmente nos primeiros meses.

Quarto Bebê Abajur Casa Luz

O recomendado é a instalação de um dimmer no interruptor para que você possa regular essa saída de luz, um recurso excelente, pois cria uma atmosfera serena na hora de colocar o bebê para dormir. Essa iluminação suave também é prática durante a noite para achar itens dentro do quarto e/ou amamentar sem que o bebê acorde totalmente. E não se esqueça do abajur de luz com menos intensidade para poder ler boas histórias antes do filhote dormir!

 

9) Tenha um Espaço Reservado na Cozinha

Mamadeiras, pratinhos, chupetas, potes… a alimentação do bebê exige peças específicas diferentes da louça normal, por isso é interessante separar um espaço no armário apenas para os itens relacionados na cozinha. E olha que serão muitos! Essa organização te ajuda a não perder nada e achar o que precisa com mais facilidade em uma situação de emergência.

 

10) Cuidado com Animais de Estimação

A convivência da criança com animais de estimação é uma relação benéfica e educativa que acrescenta muito ao desenvolvimento do bebê, mas certos cuidados precisam ser tomados, especialmente no começo. É interessante que você lave os panos e itens do animal separadamente, mas com o mesmo sabão das roupas do bebê, para que ele se acostume com o cheiro. O certo é deixar que o animal se aproxime da criança, e vá descobrindo o novo companheiro por si mesmo, mas não permita que ele lamba o rosto do bebê tão cedo.

Em termos de higiene e cuidado, o conselho é simples: mantenha os animais limpos, tosados e vacinados, e não se esqueça de dar atenção ao bicho também, para que ele não se sinta abandonado e crie uma relação de ciúmes com o novo integrante da família.

 

11) Invista em Pisos Antiderrapantes

Quando a criança está aprendendo a andar por aí, cair é muito normal. Ainda mais quando o piso da casa é feito de porcelanato ou cerâmica, duas opções que podem ficar escorregadias com facilidade. Apesar de não ser obrigatório, o investimento em pisos emborrachados pode poupar seu filho de muitos estabacos futuros, especialmente em regiões úmidas, como o banheiro, ou nos degraus da escada.

Piso Borracha Antiderrapante EVA Banheiro Criança Tatame

Caso você não queira trocar esse revestimento, cogite instalar fitas antiderrapantes nos pontos mais críticos da casa e tatames pelos cômodos de uso mais frequente.

 

12) Suma com os Objetos Perigosos

Certos objetos são simplesmente arriscados demais para ficarem à mostra durante o desenvolvimento da criança, e precisam ser removidos e/ou colocados fora do alcance o quanto antes. Berloques de porcelana, porta-retratos de vidro, moedas, itens pequenos que possam ser engolidos, são muitos os riscos para a saúde de um bebê pequeno, e a presença de crianças maiores com brinquedos desmontáveis aumenta mais esse risco.

Além do problema dos itens comuns, devemos estar atentos aos remédios e produtos de limpeza, que devem ser armazenados nos andares mais altos do armário. Evite colocar produtos químicos fora de seus frascos originais, visto que grande parte das intoxicações ocorrem quando químicos são guardados em garrafas comuns, confundindo a criança.

 


 

👉Quer fazer um projeto sem compromisso? Fale conosco diretamente.

Seguindo essas dicas, temos certeza de que sua casa ficará muito mais segura para o desenvolvimento do seu bebê! Se você tiver outro conselho valioso para esse momento, não hesite em comentar!

Se você está pensando em reformar a casa para acomodar a família, fale com nossos projetistas sobre a criação de móveis planejados para o seu novo lar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.