Blog de Móveis Planejados e Decoração | Madeirol – Rio de Janeiro e Niterói

Reprodução: Madeirol

A cozinha é um dos ambientes mais usados da casa, onde preparamos as refeições, guardamos os alimentos e utensílios e, muitas vezes, recebemos amigos e familiares. Nada mais recomendado do que deixar este ambiente o mais confortável, seguro e funcional possível, que se adapte às características e às necessidades dos usuários, não é mesmo? Investindo em móveis planejados e em ergonomia isso é possível.

 

MAS O QUE É ERGONOMIA?

Reprodução: Pixabay

Ergonomia é a ciência que estuda a melhor forma de adaptar o ambiente, os móveis e o uso dos utensílios às características físicas e psicológicas dos usuários, visando um maior conforto, segurança, saúde e produtividade. Quando falamos em uma cozinha ergonômica, estamos buscando ajustar as medidas, distâncias, iluminação, ventilação, organização e a limpeza do espaço, conforme as preferências e necessidades de cada pessoa. Alguns benefícios de uma cozinha ergonômica são:
⦁ Evitar doenças relacionadas às atividades repetitivas, como DORT (Distúrbio Osteomuscular Relacionado ao Trabalho) e LER (Lesões por Esforços Repetitivos);
⦁ Diminui drasticamente movimentos bruscos e desnecessários, auxiliando no preparo de alimentos e no uso do espaço todo;
⦁ Melhora a estética e a harmonia do ambiente.

Saiba mais sobre ergonomia clicando neste link.

Os móveis planejados são projetados e fabricados sob medida, ou seja, feitos especialmente para determinado espaço, considerando a área disponível, o estilo de decoração e o orçamento de cada cliente. Com eles, você consegue ter um melhor aproveitamento do espaço, otimizando sua funcionalidade e personalizando todos os detalhes.
Ao combinar a ergonomia com os móveis planejados Madeirol, é possível ter uma cozinha mais confortável, funcional, agradável e harmoniosa. Veja algumas dicas.

 

DEFINA O LAYOUT

Reprodução: Pexels

Primeiro, você deve definir como será utilizado o espaço da cozinha. Onde estarão localizados o fogão, a geladeira, a pia, entre outros. Separe o ambiente de acordo com cada atividade a ser realizada e organize-o pensando na produtividade e conforto do usuário.

 

ALTURA DA BANCADA DE TRABALHO

Reprodução: Madeirol

É neste espaço que você realizará boa parte do trabalho na cozinha, por isso preste muita atenção ao planejar esta etapa. O ideal é que a bancada não seja muito alta e nem muito baixa, evitando dores nas costas, nos ombros e nos braços, além de dificultar o manuseio dos alimentos e dos objetos. Uma altura mínima recomendada é de 900 mm de altura.

 

ARMÁRIOS PLANEJADOS

Reprodução: Madeirol

Os armários da sua cozinha devem seguir medidas ergonômicas para garantir o conforto do usuário. As portas dos armários devem ser leves e de fácil manuseio, evitando esforço desnecessário, ainda mais se os moradores da casa forem mais idosos.
Deixe uma distância de 550 mm à 600 mm entre a bancada e os armários superiores para não atrapalhar durante as tarefas diárias e permitir a abertura das portas mais facilmente.

 

CIRCULAÇÃO É IMPORTANTE

Reprodução: Madeirol

Pense em quantas pessoas, no mínimo, usarão a cozinha. O espaço de circulação deve ser adequado para o conforto e segurança de todos. Entre dois balcões paralelos, com uma ilha, por exemplo, a distância ideal é de 1200 mm e 1500 mm, evitando choque e esbarrões e permitindo a abertura de portas e gavetas.
Uma ótima dica, quando possível, é formar um triângulo ergonômico entre a pia, o fogão e a geladeira, sendo os itens mais utilizados na cozinha. Esses elementos devem estar próximos uns dos outros para facilitar o fluxo de trabalho.

 

TORRE QUENTE

Reprodução: Madeirol

Hoje em dia, é muito comum que o forno e o micro-ondas estejam acomodados em uma coluna na cozinha. Posicione-os à altura dos olhos, entre 1300 mm e 1500 mm do piso, para evitar queimaduras e facilitar a visualização dos alimentos. O ideal é que a torre quente fique afastada do fogão, para evitar que os eletrodomésticos fiquem engordurados.

 

ILUMINAÇÃO E VENTILAÇÃO ADEQUADOS

Reprodução: Madeirol

Providencie uma iluminação adequada, clara e uniforme, aproveitando a luz natural e contando com a luz artificial, que pode ser direta ou indireta. Dê preferência às lâmpadas de luz fria, por serem mais adequadas para ambientes que exigem mais atenção para realização dos trabalhos.
A ventilação é um aspecto muito importante na cozinha. Ela ajuda a evitar o acúmulo de calor, de umidade e de odores, além de prevenir o mofo, as bactérias e os insetos, que podem prejudicar a higiene e a saúde dos usuários. Por isso, garanta uma ventilação eficiente, contando com janelas, portas, exaustores, coifas ou depuradores. E atente-se para a altura mínima entre o queimador do fogão e a coifa ou depurador que é de 650 mm.

Uma cozinha ergonômica com os móveis Madeirol trará mais conforto, segurança, saúde e produtividade para você e sua família, além de valorizar o seu imóvel e o seu estilo de vida.

Entre em contato com um de nossos arquitetos e garanta isso e muito mais para a sua casa.